Photography

nós

nós

© Bernardo Martins 2013

– Que te deu para naquela tarde vires até cá?
– Queria ver se estava alguém contigo.
– E quando viste que não estava ninguém?
– Pensei: Porque não eu?
– És sempre assim tão calculista?
– Não é ser calculista. É ir atrás daquilo que queremos. E – acrescentou – não ir atrás daquilo que já não queremos.

A Humilhação, Philip Roth

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s